segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Tática de caça dos felinos.







Cada animal possui uma tática para poder capturar seu alimento, os lobos formam alcatéias, o camaleão fica camuflado na paisagem esperando para dar o bote. Os felinos não são diferentes, afinal eles já foram cosiderados mestres da caça, pois cada felino possui uma tática diferente e curiosa de capturar seu alimento. O leopardo (fig.5), por exemplo, fica escondido, esperando para atacar a presa, quando a captura, leva esta (muitas vezes ainda um pouco viva) para o topo de árvores muito altas, onde poderá se alimentar tranquilamente.

Com o guepardo (fig.4) ocorre diferente, ele vive somente nas savanas africanas; devido ao pequeno porte em relação à outros felinos (até 2 metros de comprimento e 80cm de altura), o guepardo caça apenas antílopes, para isso ele tenta se aproximar bastante da presa antes de atacar, mas os antílopes geralmente vêem os seus caçadores e tentam fugir, forçando o guepardo à iniciar uma corrida atrás da presa. Essa corrida pode durar até uns 10 minutos (ou mais), e terminará com a desistência do caçador (que acaba cansando), ou da çaça (que é capturada); o principal problema dessa tática de caça é que o guepardo, após essa corrida, está muito cansado (até mesmo para comer, ele teria que descançar uns 10 minutos), nesse momento, muitas vezes, aparecem hienas e leões famintos, os guepardos não possuem força para lutar contra os leões, e estão cansados para enfrentar hienas, a única alternativa é ir embora. Logo abaixo há um vídeo mostrando um guepardo caçando.

Os leões (fig.3) geralmente não caçam, essa tarefa é designada à leoa, que formam bandos de 4 ou 5 animais; as leoas observam o bando que võ caçar, em seguida observam as presas, afim de achar a mais frágil, em seguida atacam por diferentes lados, cercando o alvo principal, que geralmente está sozinho e é abatido. Quando capturam o alimento, os leões aparecem e, por dominarem as fêmeas, se alimentam primeiro; o que sobrar da comida, ficará para as leoas e os filhotes.

Os tigres (fig.2) não vivem em bandos, apenas em casais, com poucos filhotes, geralmente as fêmeas caçam, mas à casos que o macho também caça. Os tigres aproveitam sua pelagem listrada e se escondem em matos, esperando o momento certo para o bote; por ter uma ótima visão (uma das melhores entre os felinos) e uma força incrível (junto aos leões, são os felinos mais fortes), o ataca, se certeiro é fatal, pois os tigres agarram as vítimas, com suas garras e mordem instantâniamente o pescoço da presa, torcendo ele.

As onças e panteras (fig.1) usam a mesma tática dos leopardos, aproveitando que vivem em florestas, onde existem muitas opções para se esconderem. No passado, o tigre-dente-de-sabre, saltava para cima das presas, agarrando-as como os tigres atuais, e mordendo seus pescoços, para provocar hemorragias; como a pele dos animais eram muito duras, os tigres-dentre-de-sabre desenvolveram presas grandes e fortes. video

Nenhum comentário:

Postar um comentário